domingo, 6 de março de 2016

Loreal Imedia Ice Colors 12.111

Ei, criaturas!

Essa tintura é nova no mercado e como estamos aqui pra testar e ver de qual é, resolvi experimentar pra contar pra vocês.

Antes de tudo, me deixe explicar a diferença dessa para as outras:














Tinturas convencionais apresentam-se com a cor principal (que são os dois números ANTES dos pontos, no caso esta, o "12".) e DUAS nuances (os números APÓS os pontos, no caso "111".)
As nuances servem ou pra neutralizar cores indesejadas ou pra dar mais realce a que já está, depende da escolha.

As loiras que costumo testar são: 11.11, 9.01 e 11.21.
O que quer dizer: Loiro claríssimo acinzentado. Ou irisado.
No meu caso, o 11 serve para anular o excesso de dourado.

Até ai, tudo bem! Achei ÓTIMO essa tintura ter três nuances porque na maioria das vezes precisava usar algum condicionador violeta depois, meu cabelo tem o reflexo muito intenso.

E ai, meu caro leitor, a gente entra no mérito do clássico, véio, chato mas necessário: TESTE DE MECHA! \o
Esse é o motivo do conflito: algumas usuárias de tintura loira estão com raiva porque simplesmente preparam todo o conteúdo da caixinha e tacaram no cabelo que já é muito loiro.
Resultado: alguns casos de cabelos azuis!

Eu, Djuli colorista, tenho pra mim que isso é óbvio. Contudo, eu, Djuli colorista, trabalho com isso. Você, consumidor final, não é obrigado a saber, mas é interessante sim fazer uma pesquisa antes pra entender como diabos esse troço funciona.

O que essa tintura faz é basicamente colocar mais um tantinho de cinza na cor. O que isso quer dizer na teoria:
-Se seu cabelo é MUITO dourado, tipo o meu, vai te evitar precisar ficar tingindo E neutralizando depois. É um trabalho a menos pra alcançar o resultado desejado.

-Se seu cabelo já tá mais pro branco ou praticamente platinado, sim, ele vai chumbar e ficará cinza ou azul. O tantinho a mais de cinza não terá a função de neutralizar porque não terá cor sobrando pra isso. Consequentemente, o cinza irá sobressair e criar um excesso. É o que chamamos de "cor chumbada".

Logo, não adianta ir da doida e preparar o produto todo, tacar no cabelo e depois ir no SAC reclamar.

Como a pessoa tem a coragem e a falta de senso de experimentar uma química nova no cabelo sem fazer teste? Porque sério, a cor ficar horrível é o menor dos problemas, pode desde dar alergia até ser incompatível e o cabelo ir pro chão.

Faça que nem a titia: 

 Teste de mecha! Meu cabelo estava um loiro meio alaranjado e sinceramente, eu não sabia se iria fazer alguma diferença ou de fato já daria o resultado. Eu não tinha noção do quanto de cinza a Loreal considera "triplo".
E gente, só de preparar esse dedo de tinta já deu pra ver que é roxo ali!



























Esta é minha mecha teste! Leve isto pra sua vida: Nunca confie no produto.
"Ahn, uso a mesma tinta há 50 anos!". E se um mínimo componente mudou a quantidade? E se a cor tá mais escura por casa de um lote? E se tá mais clara?
E se acrescentaram ou tiraram alguma coisa?
Seja uma experiencia nova ou algo que você use há décadas: sempre faça teste de mecha!
Antes dar errado numa mecha do que no cabelo todo.














Opa, enxaguei, comparei com o restante do cabelo.
Gostei do resultado? Gostei e usarei no cabelo todo, é isso que quero.
"Ahn, mas e se a tinta não ficar da cor prometida?".

Vamos lá: Primeiro que é necessário ter senso. As marcas não vão na casa das pessoas pra garantir o resultado que ela anuncia. Entenda os limites. Entenda as condições.
Segundo que estamos lidando com uma foto que é, literalmente, montagem. Não tem como basear o resultado na cor da foto da modelo da caixa porque ela é meramente ilustrativa e seria absurdo.

O que estou defendendo é: você ter noção de como está seu cabelo e se há possibilidade dele ao menos chegar perto só com a tintura e fazer teste antes de se aventurar a tingir o cabelo todo. 

 Gostei da cor e irei usar nele todo, uhuuuuuuuuuu!











Como você pode ver, ele estava muito dourado. Muito mesmo. É gritante o quanto precisa ser neutralizado.













Aqui é a tintura fazendo efeito. Lembra do triplo cinza? Cabelo ficando azul!
Sim pessoas, é assim mesmo. Cinza na cor cosmética é azul.













Cerca de 40 minutos depois e...GENTE!!
Adorei. Vou adotar essa tintura pra todo o sempre.
Ele tava praticamente laranja de tão dourado e me sai beirando prateado. Bem, cumpriu lindamente o que prometeu em boa parte do cabelo.











A parte de trás. Algumas partes ainda ficaram levemente douradas, mas é indiscutível a diferença que fez.












A raiz ainda ficou meio palha demais se comparado ao restante, que tá praticamente platinado. Uhnnn...











A franja, por outro lado, tá praticamente impecável, até a raiz abriu mais. Ué...
Quer saber? Tentarei novamente! Bora ver se meu cabelo chega no azul que dá quando chumba?












Franja com iluminação artificial. Tão branco que chega a ficar lilás. 













Mais foto com iluminação artificial, minutos antes do retoque...Pra você ver que, de fato, estava platinado e de primeira já ficou na cor que deveria.













Aqui é a teimosia falando.  Precisava? Não, mas aqui vamos no limite.
Ou até errar.













Esperei, enxaguei, lavei, já praticamente seco e aqui estamos: cinza!!!
Gente, eu não sei se perdi completamente a noção ou a linha tenue entre de fato azul em cor natural chumbada e azul fantasia, mas...Isso seria AZUL?
Bem, se você for loira com mais tendencias pro branco do que pro cinza em si, provavelmente chamará de azul porque sim, tem uma corzinha além do loiro em si.
 












Você viu que tentei. Apliquei a tintura duas vezes, sendo que no retoque ele estava branco. Não era pra ter ficado "pior"?
Particularmente gostei muito da cor. Muito mesmo. Era exatamente o que eu queria e, considerando "12", que é o loiro mais claro do mundo e "111" que é cinza com vontade, me admira não ter ficado, de fato, azul.













E pasmem: a raiz AINDA ficou um pouco palha! hahaha
Bem gente, vamos concordar que melhor que isso não fica e o problema é meu cabelo mesmo? dx-D













E a franja. Tá semi-lavanda, de tão platinado. 

Momento de considerações:

-Meu cabelo estava bem alaranjado e dourado. Na primeira aplicação, praticamente eliminou todo o reflexo indesejado, exceto na raiz, que abriu e apenas atenuou um pouco a situação.
O que isso quer dizer: Se seu cabelo está tão palha ou menos que o meu, pode tentar sem medo que ficará branco!
Se ele já estiver platinado e você quiser testar, fica o aviso: SIM, há uma chance dele ficar azul. 

-Apliquei duas vezes pra saber o que ia acontecer e se ele, pra mim, seria tão forte a ponto de ficar mais pro azul do que pro branco em si. 
Se for tentar em casa, faça o teste antes! Eu, como não ligo e usaria ele azul, pra mim tanto faz. Só por isso fiz nele todo duas vezes. 

-Sinceramente, eu troco a Alfaparf e a Richesse por ele. É mais acessível e achei o resultado mais interessante. Sério mesmo! 
Tingi o cabelo duas vezes em dois dias com 40v e gente, olha como ele secou natural! Nunca que parece que passou por química pesada e só fiz passar um condicionador depois.
Gostei muito e estou impressionada.

-Faça teste da mecha sempre. Nada de sair preparando tinta na doida e tingindo o cabelo todo.

3 comentários:

  1. Amei sua experiência, parabéns pela clareza nas suas palavras, vou tentar no meu, foi o incentivo que estava me faltando.

    ResponderExcluir
  2. Que legal o teu blog, nunca tinha achado em pesquisas sobre tintas

    ResponderExcluir
  3. Ja comprei a tinta e me motivou a pintar! Espero q tbm fique bom

    ResponderExcluir

E ai..?