sexta-feira, 25 de maio de 2012

Rainbow tinturas fantasia em degrade

Pois bem, sobrevivi a outro mes! \o

O motivo principal da demora é que tem dois posts pra montar: este de agora que irei desenvolver e um a parte Rainbow só com algumas cores da Candy e outras da Punky Color.
Sendo assim eu precisava desbotar um pouco o anterior pra retocar com as novas cores, o que me exigiu um certo tempo e algumas lavagens.

Pois é...Vamos explicar o que irei fazer hoje!

Mes passado (ou há uns 15 dias, mais ou menos) inventei de tentar fazer um Rainbow com cores em degrade. Iria usar as mesmas cores do arco-iris só que em cada mecha o plano era comparar até tres tonalidades de tinturas.
Não a duração em si, essa eu já sabia e inclusive algumas usei de proposito esperando que durassem pouco caso desse alguma falha. Logo, acabou que fiquei só uns 10 a 15 dias com ele assim, admito que não tive muito cuidado pra lavar e durou pouco mesmo.

O que eu quero mostrar neste post: alguns trabalhos compensam. Outros não. E experiencias são validas por isso, eu testei de feliz mesmo, tenho muita tintura aqui e algumas eu sei que duram pouco, mas acho interessante ter porque podem ser usadas ou pra correção de cor ou auxiliar em outras. Enfim, testar é bom, aprendemos com os erros para não repeti-los! ^^

Então, meu cabelo do post anterior desbotou. Esta foto faz exatamente 1 mes, não fiz nada antes, nem sequer retoquei (isso é a parte de baixo, repare que em cima esta preso).












Admito que não lembro exatamente as cores, mas em todo caso tem uma lista delas no post anterior, é só dar uma espiada lá pra baixo! ^^
O fato é que meu cabelo desbotou a ponto de ficar quase branco de novo, praticamente qualquer cor pega aí.













Ohn, aqui dá pra ver que ele esta preso em cima. Desta vez nem retoquei a parte presa, ficou só por conta do Rainbow mesmo.













Porque separar é preciso: No meu caso fiz 6 mechas de cada lado. Como o degrade em si já é absurdamente trabalhoso fiz a mesma ordem de cores nos dois lados, a única mecha que não teve variação foi o amarelo: de um usei o Hard Banana da Candy e de outro o Yellow da Punky Colour.

 








Sim, eu usei todas essas cores em 6 mechas. Trabalho miserável, admito. Tentei pegar as opções mais claras de todas as marcas pra comparar, mas não tenho todas as cores da Punky Colour, por exemplo. Logo tive que planejar cada mecha com um degrade a parte.
Simplesmente ridículo! dx-D

**Legenda, pra quem ainda não domina: Special Effects (S.E), Punky Colour (P.C), (Candy Color (C.C). 

Vermelho: Nuclear Red (SE), Vermelho Hot (Exotic), Rockout Red (Color Fiend).
Laranja: Napalm Orange (SE), Chrome Orange (CC), Tangerine (Directions).
Amarelo: Hard Banana (CC) e Yellow (PC)
Verde: Spring Green (P.C), Kriptonite Green (Raw), Apple Green (Directions)
Azul: Blue Mayhen (SE), Cyan (Raw), Lagoon Blue (PC)
Violeta: Pimpim Purple (SE), Sweet Grape (CC) e Mulbery (Raw).

A parte mais trabalhosa, por incrivel que pareça, foi usar algumas gotas de cada tintura pra tingir partes demarcadas da mecha. Meu caro leitor, como são muitas cores usa-se o MINIMO de cada, quando eu digo gotas é no sentido literal mesmo.

Irei postar um exemplo randon de como foi o processo em cada uma, só pra dar uma ideia: 










Fiz primeiro a mecha amarela, que é a cor mais clara, assim a tintura ja fica fazendo efeito e se acidentalmente cair outra cor evita-se manchas.

Bem, no exemplo foi a verde: Essa primeira é a Kriptonite, mais escura, porque a raiz costuma desbotar mais rápido.










Aqui é como funciona pra pratica, já esta com a cor e usando os dedos espalho ate um ponto determinado. A diferença entre tingir mechas e tingir o cabelo todo é que quando são mechas você espalha a tinta da raiz ate as pontas só friccionando com a ponta dos dedos, ate não ter mais excesso. Quando é em degrade você só tinge uma parte x do cabelo, a outra continua com a cor original. Se eu quisesse a mecha toda nesse tom seria o caso de espalhar a cor até o final do fio.
Já pro cabelo todo você passa a tintura em mechas mais largas e geralmente com a mão ou um pincel ou pente fino a fim de cobrir o fio, daí a cor fica lá quieta, você só faz esperar o tempo de pausa.

Mecha dá muito mais trabalho porque é mais especifico, se usar mais produto do que necessário mancha.








Aqui mudei a cor porque ficou melhor pra visualizar o que descrevi acima. É assim na mecha toda, o que muda no degrade é que as cores são diferentes, você começa a tingir a próxima a partir de onde a ultima terminou. Ou seja: uma em cima da outra.

Só que aqui foram as mesmas cores mudando apenas o tom, então não faz aquele efeito conhecido de degrade com variação de cores, o que estamos treinando aqui é a técnica.













Ele fica assim depois que você aplica todas as cores. Um pouco frustrante, quase não se ve diferença. No azul tem uma variação maior, dá pra ver que na raiz ficou mais escuro e na ponta ta azul clarinho. Idem pro verde...No lilas e laranja parece que foi a mesma cor.

Novamente: fiz dos dois lados, na mesma ordem, com as mesmas cores. Levei cerca de 30 a 45 minutos pra fazer as 6 mechas, pouco mais que o tempo médio pra um Rainbow regular.

E o resultado final?













Não compensa de jeito nenhum! hahaha
Porque praticamente não se vê as variações de tom, as cores são muito parecidas. A ideia em si é interessante, porem funciona melhor se forem menos mechas, estas mais grossas e com opções de cores que se completem, tipo lilas e rosa. Ou roxo e azul.













Esse resultado nos prova que algumas cores são praticamente idênticas independente da marca, só muda a duração de cada uma. Tanto que nem dá pra ver onde começa uma e termina outra.



n








Outro lado, mesmas cores. Dá pra ver melhor, porém repare que não há distinção.













Aqui ainda esta um pouco mais marcado, o vermelho da raiz ficou um pouco mais forte e alaranjado que da ponta. E o verde e azul dá pra notar melhor que há uma diferença, como se a cor estivesse desbotando ao longo do fio.
Ficaria melhor se fosse raiz ainda mais escura com pontas mais claras. Em todo caso foi mais ou menos essa a ideia original, a falha maior é que algumas cores são simplesmente iguais as outras.
Especialmente na raiz, repare que do meio pra cima a diferença é minima. As pontas parecem desbotadas porque as cores são bem mais claras de fato, de restante dependendo da luz e da foto ninguém diz que tem 3 tons na mesma mecha.













Como comentei antes, atras nem retoquei. Esses azuis ainda são o Night Sky da Candy Color e o Azul Puro escuro da Exotic.













Quanto a parte mais escura preta é meu cabelo na cor natural mesmo, no proximo post sobre descoloração com tintura clareadora II irei mostrar melhor como ficou! ^^

Meu caro leitor, é isso! Rainbow com variações de tons...Não compensa pro resultado final, dá muito trabalho, mal se ve o efeito.

Considerações finais:

-Na primeira vez lavei separado por desencargo. O amarelo e verde manchou o pouco e o vermelho e laranja idem. Continuou com as cores originais mas as pontas mais claras saíram quase que completamente 10 dias depois.

-Algumas cores, independente da marca, são idênticas mesmo, o que muda é a duração no cabelo.

-Essa técnica vale pra todas as mechas, independente de serem cores iguais ou diferentes. Por isso que geralmente o Rainbow NÃO mancha, especialmente se forem todas da mesma marca: o cabelo absorve toda a tintura e ao lavar só sai o excesso.

-Rainbow não mancha loiro ou branco. Ou ao menos não deveria se for usada a quantidade suficiente de tintura em cada mecha.

É isso! Na próxima Rainbow com cores uniformes, mesmo esquema, só que desta vez cada mecha com apenas um tom pra cada cor.

d:-)


Um comentário:

E ai..?