terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Dekapcolor+tintura fantasia+tintura natural

Estou viva!

Minha demora será justificada neste post. O plano inicial era fazer uma especie de tutorial ensinando como neutralizar tons indesejados a base de mix e shampoo.

Só que no meio do processo houveram algumas falhas técnicas e daí eu parei de fazer registros porque a bagunça que ficou não compensava. Ia confundir demais as informações, especialmente por em alguns casos ter sido um erro minimo de proporção que me fez entrar num ciclo vicioso.
E bem, quando estamos no salão tem um lavatório, tem um assistente, tem todo uma série de recursos. Como fiz tudo sozinha demorei mais de 5 dias pra corrigir ate chegar na cor ideal; envolveu tintura loiro platino, decapagem leve, mais neutralização...Na pratica um ciclo ridículo de trabalho que ninguém teria além de mim.

Logo, resolvi que iria mostrar a parte mais didática e já semi-pronta, que dá inclusive pra fazer em casa num momento de tédio.
É o tão mencionado Dekapcolor. Usei uma vez anterior, não fez nada, achei uó, falei pra todo mundo e traumatizei.
Até que esses dias, como meu cabelo  literalmente chumbou e eu só precisava desbotar, resolvi que daria uma segunda chance.

E cá estamos...












Esse é o antes! Cabelo todo roxo atras, dos lados mechas Lagoon Blue, Vicious Violet, Fuschia Fatale e um Turquesa manchado de verde devido ao amarelo retocado fail.












Aqui é a franja, um loiro claríssimo com a raiz preta de tintura Black da Raw. Sim, essa parte maior escura é tinta, que acabou manchando.













Os dois lados, ja bem desbotados, depois de 1 mes de retoque.










E o Dekapcolor, que consta de duas pastas, devendo ser misturadas em proporções iguais pra fazer efeito.
Preparei o produto inicialmente pra 40ml (20ml de cada medida), assim tive uma noção do quanto ele rende e do quanto gastaria pra fazer uma única parte.













 
Aqui é a parte mais desbotada da Purple Punch. A raíz já estava dourada e o restante um rosa pastel bem clarinho, só que a cor um pouco manchada. 













Aqui é o Dekapcolor na mecha que tinha lilas, azul claro, rosa e um resto de amarelo com verde. Os dois lados tem as mesmas cores e foram tingidos por igual.













E aqui, parte com raiz preta de tintura e parte já semi-neutralizada.
Emplastei o cabelo com a ajuda de um pente fino e esperei o tempo de pausa que o fabricante recomenda, que são 30 minutos.  Enxaguei, usei APENAS shampoo (da linha Smooth, John Frieda) porque sabia que seria o caso de reaplicar.













E pasmem: aqui é aquela mecha rosa clara! Ficou totalmente azul pastel, um tom ate bem bonito, mas...Como diabos isso aconteceu? Quero dizer, o Dekap converteu o que era rosa pra azul?
O.o
Fiquei intrigada, teoricamente não tinha a menor possibilidade do resultado ser esse, afinal o rosa já estava MUITO desbotado, o esperado era que se tornasse um rosinha bebe fraco.

Bem...Não foi um caso isolado:













Outra tintura, outra cor e cá estamos novamente: o violeta virou azul, o azul bebe desbotou um pouco, o rosa idem e ficou mais evidente o verde+amarelo. Sem dúvida algum, o trabalho apenas começou.











Raiz intacta, apliquei nela de proposito pra que você veja que não faz mesmo diferença, o Dekap apenas desbota cor artificial. 













Começou a abrir um pouco o preto. Algumas partes estão meio acobreadas, outras douradas e tem um semi-vermelho começando a aparecer. Pra essa parte ainda precisamos insistir mais.

Logo em seguida já preparei mais da misturinha. O fabricante segure que se façam no máximo 6 aplicações, sendo essas espaçadas pra cada dia serem até 2. E bem, segui direitinho o manual pra ver se daria resultados mais consideráveis ou pelo menos desbotasse de vez aquele azul.

Pra te orientar: Esse é o resultado da segunda aplicação, não postarei fotos do processo porque é a mesma coisa, então não faz sentido ficar repetindo. 













Este é o ex-rosa-claro-semi-lilas que virou azul. Boa parte já está clara o suficiente, então resolvi me conformar e deixei assim. Sem falar que ficou uma cor bonita! d:-)
Claro, se você continuar não satisfeito, é só insistir em mais uma aplicação.















Aqui ele só teve um leve desbotamento, dependendo das cores daria pra retocar ou tentar algum tom um pouco mais escuro. Porém ainda não é o ideal se você quer monocromático ou mudar de maneira acentuada.

É aquela coisa: está claro pro que era antes, porém ainda é escuro pra um fundo de clareamento em que se quer aplicar outra cor diferente.













Mesmo caso aqui: O roxo se manteve um pouco mais claro, o azul praticamente saiu, o rosa tá bem fraquinho e desta vez o amarelo intensificou e o verde cedeu.

Os resultados ainda estão longe do que esperamos, mas as cores abriram bastante. Na pratica foi um desbotamento em excesso, equivalente a diversas lavagens e secador.











E aqui, o que estávamos imaginando e nosso objetivo até então: o que era preto abriu para vermelho e estabilizou num acobreado castanho médio estranho, então aconteceu o que deveria mesmo; Estamos passeando pelos fundos de clareamento! Essa cor, meu caro leitor, é o desbotamento do castanho escuro, que se consiste em excesso de pigmento vermelho.
Se seu objetivo é tirar tintura preta, é exatamente isso que você deve esperar: variações de acobreado até chegar no loiro.













Aqui já está bem mais aberto. Como foram duas aplicações e deu resultado bastante satisfatório resolvi que iria arriscar anular com tintura fantasia.

Sim, é possível e umas das grandes vantagens da tintura colorida, desde que você use a ideal pro seu objetivo.
Qual a diferença de tintura fantasia pro mix das profissionais? A quantidade de pigmento. Os mix são BEM mais fortes e concentrados.
Na dúvida, tenha os dois em casa!

Dois dias se passaram, até que resolvi neutralizar o dourado e fazer a terceira aplicação do Dekap nas partes que ainda ficaram escuras. 

E chegou na hora do teste. Céus, eu tenho trocentas opções aqui, de diversas marcas. Qual vou saber qual escolher?

Geralmente pra tons muito dourados uso o Eletric Blue, por ser azul médio puro ou o Azul Atlantic. São quase idênticos! No exemplo fiz com a S.E porque já estava usada.










E tenho sobrando por aqui o Purple Smoke, cor que quase ninguém usa e conhece. O Purple Smoke é um azul pastel estranho da Special Effects, que fica bem parecido com aquela cor que consegui do Dekap.
Quando tingido fica com cara de desbotado. Como eu mal uso o coitado (esse tubo meu tem 3 ANOS, repare na embalagem!) resolvi fazer um teste pra ver se ele serve ao menos como neutralizador de dourado.










E aqui o exemplo que todos conhecem: Wildflower, o roxo azulado médio pastel da Special Effects.
Há uns 4 anos, quando comecei a conhecer a marca, geral se matava por essa cor. Hoje ninguém quer (dx-D) porque com os testes a fama ficou meio sofrida: a cor é lindíssima, porem só funciona se o cabelo estiver com fundo de clareamento semi-platinado.
Do contrário ela mancha. MUITO! Como é uma cor complicada de se conseguir e pior ainda pra manter (a duração é ridícula, em 15 dias já foi tudo embora!) logo cessou o interesse e a persistência em usa-la.

Pra compensar, ela é totalmente excelente pra neutralização de dourado por ser um roxo azulado. Não é igual a vg, esta é bem mais avermelhada, tornando-se ideal pra matar amarelo!

E é por isso que precisamos fazer testes, cada roxo tem um reflexo diferente. Existem tres opções nas gamas: roxo vermelho (vg, uva graper, burgundy wine), roxo azul (wildflower, roxofluor) e roxo rosado, que é meio violeta (violet, pimpim purple).

Uso tinturas fantasia há uns 8 anos e até hoje tenho duvidas de qual dará resultado melhor. Logo, testo e já deixo separada pra na próxima usar direto.
Aí que entra a vantagem de se ter mix, eles já vem com o tom da neutralização pronto. Só que exige teste de proporção (saber exatamente quanto de tintura dissolver no shampoo) e muita paciência, do contrário ou ele neutraliza o minimo ou chumba e muda a cor.

Na pratica, a diferença de tintura fantasia+creme pra mix+shampoo pra neutralizar e no resultado final: a tintura deixa seu cabelo com a cor bonita.
O mix só faz anular tons indesejados pra preparar o cabelo pra uma tintura posterior. Ou seja: neutralização com mix NÃO é depositar uma cor e sim trocar uma por outra que seja mais conveniente. O ideal é logo depois tingir, mesmo que seja com uma cor neutra e idêntica, só pra dar brilho. Ou dissolver uma tintura fantasia com creme de tratamento (no caso dos ruivos e loiros).













Na pratica: neutralização de dourado com Purple Smoke+suavizador. Coloquei umas 4 a 5 gotas de tintura. Fiz a mesmíssima coisa com o Wildflower, que apliquei do lado oposto, dourado.













E aqui a parte de tras, com Wildflower e Eletric Blue que sobrou da franja. As duas cores estavam BEM dissolvidas, então não tem muito risco de mancha, ja que são similares.  

Esperei um tempinho pra secar natural, enxaguei, usei a linha Smooth com shampoo e condicionador, sequei e...













Esse é o resultado do Purple Smoke. Do meio as pontas ficou bem razoável, mas ele não fez efeito no dourado. Agora sei que não dá pra contar com ele, fica uma opção a menos. 













E aqui...Branco! \o
O Wildflower fez exatamente o que gostaríamos, sendo assim, fica eleito oficialmente como recurso. Na próxima dá até pra colocar uma medida a mais, capaz dele cair pro prata! ^^















Boa parte do acobreado foi-se no terceiro Dekap, acredito que na próxima é capaz de sair todo o restante e cair pra um loiro palha.
E o Eletric Blue deixou parte do comprimento branca/cinza e conseguiu matar algumas partes que estavam mais claras.















A parte Wildflower+Eletric dissolvidos, que ficou branco, branco! d:-D
Pra quem pergunta, ainda é a melhor coisa pra anular dourado de vez. Não os dois juntos, o Wildflower é melhor pro resultado branco e o Eletric pro prata. Como tinha bem pouco de ambos não fez diferença.












Só pra mostrar que a cor não é a luz, ele de fato ficou branco/prateado.













Resultado final de tres aplicações do Dekapcolor nas cores: Vicious Violet, lagoon Blue, Fuschia Fatale e Turquesa+amarelo.

Nossa conclusão é que ele dá muito mais resultado em cores naturais. Pra tintura fantasia, dependendo da cor, a diferença é tão pouca que é melhor encarar o socapcp.
O Dekapcolor pra tinturas fantasia ficou praticamente como uma ferramento pra desbotar e não remover a cor. Quer dizer, se a intenção é clarear a atual, vai servir lindamente.
Agora, pra remover vão umas 4 a 6 aplicações, se for uma tintura com pouca fixação e a cor relativamente clara.

Pra tintura preta, sem duvida é uma ótima opção. Acredito que deve se aplicar a variações de castanho escuro e médio.

É isso! ^^

-Dekap não descolore o cabelo
-Dekap não clareia cabelo virgem
-Com tintura fantasia ele funciona melhor pra desbotar e clarear cores

d:-)