sábado, 10 de dezembro de 2011

Resposta Manic Panic Iceberg

No post anterior comentei da tintura Iceberg, da Manic Panic...Fiquei tão frustrada que enviei um e-mail pra empresa explicando o que tinha acontecido e pasmem: tive resposta!

Comento surpresa porque me decepcionei demais com o SAC de algumas empresas brasileiras, de ou esperar 1 mes e ter uma resposta aleatoria horrorosa ou ser ignorada.
E outra: eu já entrei em contato com a Special Effects uma série de vezes e eles nunca responderam. Entao de fato eu não esperava que a Manic Panic fosse me retornar, enviei a "reclamação" pra ver o que iria acontecer.

E bem, aqui está a versão deles:

"Djuli,
Thank you for writing. ICEBERG is a shade that produced exclusively for Hot Topic.
This is actually the same color as MANIC PANIC Bad Boy Blue.
http://www.manicpanic.com/besthaircolor/badboyblue.html
The sales girl at Hot Topic was obviously not educated about the product!
I do apologize.
What color are you looking for?
Are you still in the USA?
-Gooby"

Se voce não entendeu ou não sabe ingles:

"Iceberg é uma cor produzida exclusivamente para a Hottopic. Na verdade é a mesma cor da Bad Boy Blue. A vendedora da HT não foi orientada em relação ao resultado do produto. Pedimos desculpas.[...]".

E bem, eu comprei porque de fato ela é praticamente identica ao tom dos neutralizantes e a vendedora me confirmou dizendo que daria um efeito lavanda/lilas claro.

Logo, o problema não é com a tinta e sim com as informações anteriores.
d:-)

Taí, a Iceberg é pra ficar azul e de fato, dá esse resultado mesmo.

Quanto ao SAC, fiquei bem impressionada. Não gosto da marca, mas os caras me deram atenção, esclareceram e isso já me fez ficar satisfeita.
^^

No proximo post: diferenças entre neutralização de dourado e amarelado: quando usar tonner azul e vg.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Soapcap, 20 e 30v, do vermelho pro roxo

De volta, antes do que eu planejava alias, para dar noticias e mostrar a bagunça atual.

Nesse post irei comentar de soapcap 20 e 30v, ensinar a misturinha pra quem ainda esta desorientado, o que usei nesse espaço de tempo e fazer uma especie de tutorial ensinando a retocar mechas coloridas e tingir o cabelo em diversas tons.

O que aconteceu: no dia seguinte resolvi fazer um soapcap usando 20v, mesmo o cabelo ainda estando bem vermelho (apesar de absolutamente desbotado) pra ver o quanto iria tirar e se seria necessária outra aplicação.
Detalhes que compensam ser mencionados:

-Decapagem=soapcap=retirar o excesso de pigmento artificial do cabelo.
-Soapcap= usa descolorante+ shampoo/agua+oxidante 20v ou 30v.
A diferença de 20v e 30v é só o nivel do clareamento. Se você quer tirar uma cor mais forte porem não precisa do resultado platinado, 30v.
Se for uma cor mais intermediaria, desbotar, 20v.
-Soapcap é DIFERENTE de dekapcolor. O Soapcap alem de desbotar boa parte da tinta também descolore os fios virgens. Dekap apenas tira o pigmento artificial, seu cabelo volta pra cor anterior.

O que consegui de inicio foi isso aqui:













Uma cor ate socialmente aceita, se fizesse correção de tom daria pra criar um ruivo natural ou algum loiro mais acobreado. Pra algumas cores fantasia avermelhadas ou mesmo um laranja neon é mais que suficiente.













E dos lados, que tinha Vermelho Hot+Laranja fogo+Nuclear red desbotados de meses. Ficou mais intenso, então se fosse pra tingir com alguma cor mencionada acima daria diferença.

Ainda não é o que preciso, apesar de uma grande parte ter ido embora. Logo, teremos outro soapcap em breve.
Repare que o cabelo parece meio duro, isso aconteceu porque logo depois do soapcap fiz uma reconstrução com o 5 in 1 Afirm da Avlon, que tem uma enorme carga de queratina.

O que aconteceu: fiz o soapcap, o cabelo ficou meio elástico ( é inevitável!) e poroso, logo usei o Afirm pra devolver parte da massa e evitar que ao secar ela desse corte quimico ou quebrasse.
Como o cabelo fica bem duro deixei boa parte secar natural e quando estava relativamente úmido intercalei ar seco com ar frio pra secar e modelar.

Deu esse resultado da foto. Reconstrutores são assim mesmo, eles devolvem parte da massa e repõe queratina, logo sim, o cabelo fica duro, fica sem brilho, fica com toque grosso.
É normal! Por isso que logo depois no cronograma aconselha-se duas aplicações de hidratação, que deixara os fios maleáveis, macios e devolvera o brilho.

Então, esperei um dia e encarei o outro soapcap desta vez com 30v.
Porque eu queria clarear o máximo possível de vez e evitar um terceiro. E meu cabelo estava forte o suficiente...^^













Que bonito! dx-D
O que não faço pela ciência? haha
Ai é o cabelo emplastado de reparador de pontas (porque o vegetal acabou...), ja separado e preparado pra receber o soapcap. Essa parte com a presilha azul foi isolada com papel aluminio, pra não cair no que esta branco.











Esse é o clássico soapcap: descolorante+oxigenada 30V (no caso)+adição de shampoo. O CHI foi o oleo que usei anteriormente.
Misturinha: proporções iguais dos tres produtos. Caso fique muito seco adiciona shampoo. Caso fique muito aguado, descolorante.
Ainda ficou seco? Ai adiciona oxidante e assim vai...














Ai é o cabelo emplastado com a misturinha...Não tenha dó, é pra ficar branco mesmo! Porem NÃO é pra pingar ou escorrer, se acontecer tá aguado demais.











Aqui é o soapcap fazendo efeito e o retoque das mechas de cima! ^^
Dois detalhes pra não dar algo muito errado:
-Seja organizado. Divida as mechas da maneira mais exata e cuidadosa possível, faz toda diferença ao lavar!
-Parece obvio, mas mantenha separado. Se uma mecha cair tem excesso de tinta, vai manchar o soapcap.

Esperei em média uns 40 minutos, enxaguei e usei o RMC da Amend azul, que é repositor de massa com queratina. Porque a essas alturas não quero correr o risco do Afirm ter se perdido.













Pronto, estou loira! d:-D
Esse é o famoso tom "loiro palha", que serve de fundo pra grande maioria das cores. Pro que quero é mais que suficiente, o cabelo esta pronto pra ser tingido.














E agora, como proceder? Do lado a cor abriu bastante, mas na pratica não o suficiente. Bem, no meu caso irei usar tres cores (duas atras e uma dos lados), então não há problema algum, eu só preciso ficar atenta ao que usar pra corrigir.
Se fosse tingir de azul turquesa teria que encarar outra decapagem, o cabelo ainda ta meio escuro e manchado pra neutralizar. Ai dá pra usar 20v.

Pois bem, vamos a parte trabalhosa?!
Ate então tava tranquilo, AGORA que vem o drama...haha
Muitos me perguntam quanto tempo costumo levar pra tingir o cabelo. Se for ele todo leva uns 30 a 45 minutos, se forem mechas uns 20 minutos e fazer tudo!? Tranquilamente beira 1h15, 1h30...













Essa é a parte chata, que todos evitam mas faz TODA a diferença: separar as mechas.
Não taque tinta na doida, tem muitos vídeos no youtube em que as coleguinhas jogam tinta e espalham de qualquer jeito em mechas aleatórias.
Há um risco enorme de ficarem mechas inteiras loiras, da cor ficar manchada, de simplesmente não pegar. Seja organizado, paciente, tire um tempo em que você esteja disposto pra isso, aplicar mecha por mecha.
A franja é aquela parte branca que dá contraste e futuramente será ou não neutralizado, depende do enxague. O que esta solto atras sera dividido em dois para receber duas cores.















Essa é a parte do lado já tingida, esperando lavar. Ai a parte de cima, dividida do modo definitivo, com o que foi preciso retoque.
Repare que a parte da frente foi isolada, que é amarelo/branco.
O amarelo irei retocar uns dias antes e o branco logo depois que sair o excesso, na véspera.














Pronto, cabelo todo devidamente tingido e separado.

Fiz tempo de pausa (geralmente fico umas 2h) , lavei só com agua e apliquei o hidratante do Morocanoil, que era o próximo passo do cronograma.


E aí?! Como ficou?













O que eu usei: Deep Purple da Raw na parte direita e Purple Passion na parte esquerda. Agora mal se vê diferença, assim que lavar com shampoo o excesso sai e fica mais evidente













As mechinhas no topo!
Em ordem: Eletric Purple, Mulberry, Cyan, Vicious Violet, True Blue (das da Raw) e mantive outros tons de azul no outro lado.
Na pratica o que aconteceu é que a roxa é em comum e ficou apenas uma mecha larga. As azuis dividi em dois e cada lado ficou com um tom.













E aqui, Purple Punch tambem da Raw, um roxo com reflexo azulado, mais claro que as de trás. Isso foi bem planejado, como a parte da frente ficou mais laranja o azul neutraliza e ao desbotar o roxo fica na cor pura e se iguala com as de tras.
Ou seja: não me dara trabalho na próxima, já que vai desbotar e ficar cinza! d:-D
Todas as tintas desse post foram da Raw porque ela é demi-permanente e são cores que usei pouco, algumas foram a título de teste mesmo e outras por conta da duração. Sem falar que roxo é uma cor sem variações de tom quando desbota.


Agora é só manter as hidratações, intercalar com nutrição e se atentar ao lavar. Como ainda tenho uma semana de espaço se algum desastre acontecer dá pra corrigir.

Falando nisso, avisei no post anterior, mas em todo caso: ficarei 10 dias fora e terei acesso as tintas importadas, em especial a Raw.
Quem tiver interesse (Special Effects, Punky Colour e Raw) me avise o quanto antes, fecharei o pedido até segunda.

domingo, 25 de setembro de 2011

Do laranja pro vermelho rosado sem descolorir

Este é um daqueles posts que faço de curiosa, pra ver se quebra mitos, além de ser uma das dúvidas mais frequentes em relação a cores: Dá pra passar rosa em cima de laranja ou precisa decapar?

Abri meu armário e procurei as opções de vermelho com reflexo mais rosados possíveis e fiz uma seleção intermediaria considerando as cores que ou mais me pedem ou são mais usadas e viáveis de se conseguir.
Porque não adianta ficar com um vermelho rosado neon LINDO da vida com marcas que você simplesmente não encontra pra comprar.
Eu tenho varias porque trabalho com isso, testo o que aparecer na frente, mas o consumidor final não vai ficar catando opções do submundo pra ter resultado similar.
Sem falar que o teste esta sendo divulgado e deu um trabalhão, se o objetivo é justamente facilitar a vida futuramente pra quem esta cogitando a hipótese, a experiencia precisa ser o mais próxima da realidade possível.

Vamos as opções "básicas":













Vermelho Cereja e Incrivel da Exotic (as duas são rosadas, só muda a proporção de vermelho), Devilish que em alguns cabelos fica rosa e a Candy Apple, que além de quase ninguém usar e ser uma cor relativamente desconhecida, é parecida com a Devilish só que mais rosada e eu queria sentir a diferença.

O que eu fiz foi um teste da mecha. Parece obvio, mas enfatizo aqui pra que você se acostume e não saia tacando tintura no cabelo e depois entre em crise porque deu errado.













Aqui é o meu cabelo atras. Laranja bem desbotado, mais claro embaixo.













O que eu fiz foi escolher a parte mais clara e desbotada pra fazer o teste.
Dois motivos: se as cores não pegarem nem vou me dar trabalho de fazer no resto.
E coincidentemente esta escondido atras, se não der certo é fácil de esconder.














O que eu fiz: separei a parte branca de tras, passei um restinho do neutralizador mais fraco que tenho, só pra proteger.
Se não tiver serve creme de hidratação ou um gel fraco.
Depois separei uma mecha grossa por cima e dividi em dois: uma ficou caída por cima da parte branca e...













Desci a outra colocando um papel aluminio por baixo, pra garantir. Repare que a mecha é fina mesmo, porém relativamente larga. Particularmente indico que seja assim pra no caso de erro dar menos contraste. Se pegar uma grossa fica aquela mancha aleatória no meio...Assim na pior das hipóteses o resto do cabelo cobre, fica uma "linha" colorida e não um tufo a parte.












E aqui, o teste de mecha! \o
Vermelho Incrivel, Candy Apple Red e Devilish.
O primeiro escolhi por ser mais claro que o Cereja, se pegar serão duas opções!
Esperei o tempo de pausa, enxaguei apenas com água e...













O resultado!
"Djuli, eu não vi diferença..."
É, nem eu! dx-D
Acredito que dará mais contraste quando desbotar, mas pra gente agora isso é indiferente. A questão é que as tres cores deram resultado (mesmo que iguais!) então tanto faz a que você escolher: ela vai pegar! E o teste foi exatamente pra isso.

A duração será menor por diversos motivos, mas sim, dá pra fazer caso não queria de maneira alguma descolorir.

Anima fazer o restante?
Eu não fiquei totalmente satisfeita com a Vermelho Incrivel, resolvi inovar um pouco: diluir e criar um rosa intermediário, no tom similar ao Incrivel:











Um pouco mais aberto e rosa, mesmo porque não adianta muito fugir daquela margem.

Voltando para divisão, que é fundamental para o sucesso da cor: seja organizado. Divida o cabelo em quantas partes forem necessárias, proteja o que você não quer ver manchado, tenha presilhas e acessórios a mão e sempre faça num lugar bem iluminado. Não invente de tingir a noite, a luz fica diferente e o campo de visão e noção diminui consideravelmente.














Aqui é o cabelo já tingido e separado em sessões: ignorei a mecha testa e considerei o restante da parte de cima, dividindo em dois.
Na parte central usei o Cereja dissolvido (tá ate mais rosado) e a parte do topo virou dois triângulos, um com o Devilish e outro com a Candy Apple.














E pra zoar ainda mais (dx-D) tornando o processo mais caótico: nos lados da frente acompanhei a divisão de trás e tingi um lado de Vermelho Hot e outro de Laranja.
Porque eu quis manter laranja e queria ver como seria o contraste.

Quase acabando...Esperei o tempo de pausa, passei chapinha, apliquei um creme de hidratação (NÃO usei shampoo!), enxaguei, sequei e taí:

O vermelho Cereja, que ironicamente ficou escuro mesmo diluindo. Tem logica: como o fundo de clareamento não estava claro o suficiente como geralmente é indicado a cor não abriu. Daria pra diluir ainda mais, porém não faria tanta diferença.
Se fosse um rosa choque a cor teria ficado magenta. Pega? Sim, mas escurece.
Por ISSO também que a gente aconselha a descoloração: a cor vai ficar de acordo com o que o fundo permitir. Quanto mais claro, mais intenso.












Aqui é o Vermelho Hot+Devilish lá atras e a mechinha amarela com lilas fraco que costumo manter. Ficou bem sutil, na frente esta levemente alaranjado e atras dá pra ver uma parte rosada. Quando desbotar dara pra diferenciar melhor.


E aqui, a visão atras: o branco levemente rosado (manchou um pouquinho, o que era inevitável mesmo com tantas cuidados, afinal são cinco partes de vermelho), mas é só reflexo, se não sair com as lavagens quando a parte escura estabilizar é só fazer uma leve decapagem com 20v.

Nem adianta tentar mexer agora.

Considerações finais:

-Sim, rosa pega por cima de laranja e vice-versa, DESDE QUE: esteja desbotado o suficiente. Faça o teste da mecha.
-A duração é a mesma? Nope, ela reduz.
-Não se preocupe: a cor não ficara fiel. Ela tende a escurecer uns 2 tons.
-Voce viu que estou com raiz, Nope, você não é obrigado a retocar.
*Pode parecer estranho, mas muita gente me pergunta se pra retocar "precisa" fazer a raiz.
-Nope, a tinta não pega em cabelo virgem. Nem um reflexo sequer. Não adianta.

É isso. A medida que eu for lavando atualizo..^^

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Tintura amarela (fantasia) e Francolor

Oi!

Demorei pra atualizar especialmente porque não mudei de cor e minha raiz esta com uns três dedos, então faltou assunto.
Até que inventei de fazer duas micro-mechas amarelas e não é que aquele troço se espalhou!?
Esse post é para que você, caro leitor, desiluda de três coisas:

-Amarelo é fécil de sair (e desbotar)
-Tacar vg no cabelo não é a solução Universal da neutralização
-Tinta super clareadora nem sempre clareia.

Então, comecemos o assunto de hoje mostrando o caos...













Lembra daquela franja branca? Pois é...Foi esse o resultado do enxague da tinta amarela, SEM shampoo. Imagine o meu desespero ao secar e ver que estava tudo amarelo!

Detalhe importante e fundamental ao ser mencionado: isso foi o que sobrou de uma descoloração com 30v +aplicação do Zene, que teoricamente desbota qualquer coisa.
*Sim, TENSO!!













Esse lado está bem mais claro, o problema é que uma parte vermelha misturou na amarela e esta escureceu formando uma intermediaria.

E atras...













Isso é o que dá quando você retoca a parte vermelha e não protege a branca. Foi pura distração (e por um lado totalmente proposital pra que você veja que mesmo lavando separado acontece).

Bem, o plano é desbotar ao máximo o amarelo pra que possa ser neutralizado com violeta e tentar recuperar a parte branca. Como proceder?
Minha primeira opção é partir para o já conhecido 11.21 da Alfaparf, porém na loja estava em falta e assim a vendedora me convenceu a testar outra coisa. Como estou aqui pra isso e era uma tinta mais em conta (quase metade do preço!), pensei comigo mesma: "Porque não!?"


                                                                                   









Essa é a cor da tinta (que a gente supõe ter reflexo azul, afinal "prateado" é cinza e cinza pra colorimetria é...azul!) e oxidante 30v que ela me jurou ser parzinho da tinta mesmo eu insistindo pra ficar com um 40v.                    

 











Ohnm que simpático!

Vamos preparar a misturinha:



 







Usei só uma fração porque, né? Primeiro por ser pouco cabelo. Depois que foi um mero teste de mecha, vai que não dá certo?                                                                        
Meu caro leitor, tome esse costume pra sua vida: em se tratando de tintura SEMPRE prepare uma mínima porção.














Olha que bonitinho! Essa veio com uma tabelinha com as proporções que devem ser usadas, considerando que me impuseram 30v foi a que considerei.



Aqui, pra desmentir um tutorial que fiz (comentaram em alguns foruns que vou pro inferno por não considerar a quantidade exata de oxidante, então taí d:-P), estou mostrando que usei a quantidade exigida  pelo fabricante. Ou seja: fiz tudo certinho! ^^










Aqui começa o drama: essa é a solução (soluto+solvente) teoricamente já pronta. Não sei voce, mas comecei a desconfiar porque não virou uma pasta homogenea, tá tudo estranho! Ela ficou desse jeito, como se tivesse faltando oxidante.

Anyway, apliquei no cabelo e achei totalmente uó pra espalhar, aí não aguentei e assumo o inferno mesmo: adicionei um pouco de oxigenada pra deixar um pouco mais pastoso e a tinta espalhar no cabelo, porque não tava dando!

Enfim, esperei o tempo de pausa, enxaguei sem shampoo e...













...Eu fiquei meio decepcionada! Porque acho que não fez real diferença. Tá, desbotou um pouco o vermelho, mas a raiz ficou totalmente dourada (cade o prateado!? O.O)  e o cabelo ficou numa cor tão marromenos. Poxa, era platino prateado, meu cabelo já estava loiro! Era pra no mínimo ter matado o dourado.
Que frustrante isso...d:-/

Considerando a cor que estava anteriormente, a da tinta e o efeito que era esperado, vamos combinar que o resultado foi nenhum!? Quer dizer, eu teria isso usando um tonalizante qualquer da Koleston.
Mas nada supera o que vem por ai...Lembra que a ideia era desbotar o amarelo pra neutralizar com violeta e voltar pro branco?













Sensacional! A primeira tinta platino prateado que além de não desbotar o amarelo ainda intensifica, quer dizer: o que era uma cor desbotada ficou amarelo neon radioativo!
*TENSO!! haha...














O vermelho foi-se...E o amarelo está a toda, parece recem-tingido!













Ééé...E aí? Qual o plano já que a tinta que deveria desbotar o amarelo fez exatamente o contrario, deixando a cor mais vibrante?












Neutralizar! Usei o suavizador misturado com uma fração de Wildflower+uma fração de vg pra tentar chegar num intermediário e facilitar futuramente caso precisasse repetir o processo.













Pronto, consegui! O que estava um tom de palha da coloração anterior ficou lilas claro (que na próxima lavagem cai pro branco) e matei boa parte do amarelo, resultando num tom estranho que dá pra desbotar com tinta e deixar como o planejado.

Como sou teimosa e inconformada tratei de ir em outra loja e novamente, nao tinha o 11.21, porém resolvi dar uma chance ao 11.11 que elimina de vez o dourado, então já é uma facilidade!











Usei oxigenada 40v da Amend, proporção 1:1 e como é uma tinta de cor nova, mesmo esquema da anterior: preparei apenas uma fração.
*Na foto mostro mais usada, é porque foi aberta anteriormente. A quantidade exata que usei está ali "discriminada" na cumbuca azul! ^^

Apliquei na parte de traz com o objetivo de neutralizar aquele dourado e na frente que ficou de uma cor estranha. 














Vamos combinar que fez toda a diferença da humanidade? Além de ter ficado todo uniforme descoloriu a raiz, tirou todo o dourado/vermelho da ponta e voltamos ao branco atrás! Meio caminho andado, anota ai pra não esquecer: alfaparf 11.11, reflexo azul, para anular dourado e deixar o cabelo branco ou prateado (se fosse aplicado uma segunda vez).

Se o cabelo estiver muito dourado use o final .11. Se estiver mais pra amarelado ou só pra manter o branco e ganhar um leve reflexo violeta final .21.














E na frente...Sim, o amarelo persiste (eu nem me iludia que ia eliminar), porém bem mais fraco! Agora ja beira loiro de descoloração, como se estivesse manchado. A parte radioativa e neon foi-se.
Dos lados, a surpresa boa: cinza! d:-D
É como ele ficara se o cabelo já estiver platinado ou com algum reflexo violeta de tinta anterior.

Falta esse amarelo fraquinho. O que fazer com ele!?
A parte já conhecida por todos:













Hello vg! Cara toda manchada, faz parte. Essa misturinha nada mais é que algumas gotas da classica vg (violeta genciana, que você compra em qualquer farmácia por 2 conto) com suavizador+creme da elseve de hidratação.

Não se preocupe, pode chumbar a vontade que a cor não vai durar porque vg é pigmento puro e creme de hidratação não tem fixador, então funciona do mesmo jeito que o shampoo violeta. Por isso meu caro leitor que quando você tinge se cabelo com vg, por mais que o creme fique quase preto desbota horrores nas lavagens e dura pouco.
Deixa alguns minutos, enxágue e...











Ohn! Um leve violeta, que sai com duas a três lavagens e cai pra branco. Tem até uns reflexos mais claros, de onde o pigmento não fixou.













Aqui, a visão geral: dos lados aquele branco do 11.11 e na frente o violeta com a tal micro-mecha amarela que era a intenção inicial e tomou conta da franja toda.

Pois é...

Considerações gerais:

-Pra neutralizar a cor deve estar o mais desbotada e fraca possível, do contrario o cabelo será tingido. Por isso que tentei eliminar o maximo de amarelo, ao invez do cabelo ceder pra outra cor teria ficado um roxo forte demais. A não ser que voce queira ele de fato roxo, ai beleza!
-Esse é o amarelo girassol da Exotic, que recentemente foi reformulado e pelo jeito não sai por nada! dx-D
Curiosamente fica uma cor bonita desbotada e pega com facilidade.
-Alfaparf 11.11= cabelo cinza ou neutralização total de dourado.
-Francolor sucks. Desculpa, mas não gostei nem um pouco e não pretendo usar novamente. Com voce pode ser diferente? Sem duvida! Mas não irei testar nem com 40v.
-Não comentei, mas os vermelhos são um monte de cores: vermelho hot e laranja atras. Na frente: Mandarin e Coral Red da PC com Nuclear e Hi Octane da S.E mais atras.
Diferença pratica? Minima.
É questão pessoal mesmo, talvez de duração...Mas a cor fica quase igualzinha.

Conselho de amiga: tenha sempre uma tinta loira com reflexo azul ou violeta e vg em casa. Resolve BOA parte dos problemas com dourado, amarelo e ajuda a desbotar a cor atual.

d:-) 

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Selante vegetal Acquaflora

Muito bem!

Aqui estou eu para comentar de um produto que foi lançado no começo do ano. Tinha na Hair Brasil mas dei muita bobeira e desde então estava atras pra testas.
Esses dias encontrei e resolvi experimentar na parte do cronograma que seria de reconstrução.



















Essa é a caixa do Selante, que é composto por:
-2 shampoos (um semi anti-residuos, seria a versão mais fraca daquele com menta e um semi hidratante).
-A creatina
Logo, não confundam: Esse kit vem com creatina e não queratina. Ou seja, é diferente de uma cauterização (que na pratica é queratina pura+calor).











Como é que se usa isso aqui:
-Você lava o cabelo normalmente com o semi anti-residuos,
-Enxagua, tira o excesso e lava novamente com o semi-hidratante,
-Deixa secar parcialmente (com secador ou natural, tanto faz),
-Aplica a creatina mecha por mecha,
-Seca com secador,
-Passa a chapinha.

O único problema disso tudo é que a creatina não é liquida e sim uma especie de pasta, (me lembrou demais a consistência do Zene), então parece que não seca nunca.
Com essa exceção eu acredito que tenha aplicado demais porque o cabelo ficou meio estranho: muito oleoso na raiz, com toque meio grudento e ruim ao toque, além de totalmente sem brilho.
Então o que te indico é que você ao usar faça em um dia que não precise sair ou que não tenha algum compromisso importante.

E claro, os resultados:













Antes da aplicação, com cerca de 7 lavagens: Nuclear, Vermelho Hot e a parte mais clara laranja fogo.













E atras: vermelho hot e laranja fogo com a parte que era lilas e desbotou ficando branca.

Logo após a aplicação do Selante:













O cabelo não parece grosso, como se tivesse aplicado algo pra deixar pesado? Pois é,  fica com aspecto tosco e opaco. Pra compensar não desbotou praticamente nada, talvez só a parte que era lilás e ficou branca de vez, o que já era esperado após 5 a 7 lavagens.
Então, sim, dependendo da cor pode usar após a tintura, só não recomendo pras que são claras e abertas demais.






E aqui, é o efeito pos-lavagem:














Usei um pouco de secador só na frente devida a pressa (sem modelar, só pra secar MESMO!), mas a foto abaixo é ele seco naturalmente, tanto que esta com algumas ondas.














Essa é a cor já estabilizada, desbotou o máximo de pigmento que tinha sobrando, então o que clarear é natural do excesso de lavagens, sol, produtos, etc...













E a já conhecida parte branca! Ela vai durar mais umas 3, 4 lavagens até precisar de mais neutralização. Foram 7 lavagens do roxo até chegar aí, o que quer dizer que na pratica ganhei uns 20 dias de cor. Como era um roxo fraquinho e desbota aos poucos acredito que seja um trabalho que compensa porque dá pra ver a tendencia pro branco. Isso aí é ele desbotado ao extremo.
Sem falar que como o vermelho já desbotou o máximo não há risco de mancha, dá inclusive pra lavar tudo junto.

Meu caro leitor, te apresentei o Selante e os resultados. Juro que não é propaganda mesmo porque, além de uma garrafinha de agua nunca ganhei coisa alguma da empresa (pelo contrario, pago por tudo que uso deles), porém adoro os produtos e indico.
Esse aqui é ótimo pra colocar como reconstrução e rende diversas aplicações: a creatina tem 60ml e os shampoos 240ml cada, no meu cabelo mal foi 1 dedo de produto (usando do modo mais exagerado possível!), logo pra um cabelo médio deve dar umas 8 a 10 aplicações, em média.

Quanto ao valor, paguei nesse uns 60 reais achando caro, na Hair Brasil estava por 45 reais. O que compensa é que agora tenho um ótimo produto que vai tranquilamente durar até o ano que vem.

d:-)